Homem ateia fogo na própria família. Sua esposa e seu filho estão internados em estado gravíssimo.

Mais um caso de violência passional é registrado em Blumenau. Um homem (que não teve a identidade divulgada) foi preso na madrugada deste domingo (22), suspeito de atear fogo na esposa de 44 anos e em seu próprio filho (11 anos), que estão hospitalizados em estado gravíssimo. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar (PM) ele foi preso ainda no terreno de sua residência, mas acabou sendo encaminhado ao Hospital Santa Isabel, também com queimaduras pelo corpo.

Até o momento não foram divulgadas informações de como o suspeito teria provocado o fogo diretamente no corpo de seus familiares. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para atendimento das três pessoas, assim que a PM recebeu o comunicado através da Central Regional de Emergência. Apesar da ocorrência ter envolvimento com fogo, o Corpo de Bombeiros não foi acionado.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

 

Fotos: Divulgação / SAMU

O menino teve 90% do corpo queimado e foi encaminhado ao Hospital Santo Antônio (HSA) e por volta das 9h desta manhã foi efetuada a transferência ao Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis para tratamento intensivo. Ele saiu de Blumenau, sendo transportado pela equipe da Unidade de Saúde Avançada (USA) do SAMU, que foi interceptada pelo Arcanjo 01, da capital, no posto da Polícia Rodoviária Federal de Itapema, que deu sequência ao transporte da vítima.

Já a mulher, vítima do atentado, segue internada no HSA, mas deverá ser transferida para Lages ou Joinville, onde há especialização no atendimento de vítimas por queimaduras. De acordo com as informações obtidas com exclusividade pelo Notícias Vale do Itajaí, com socorristas do SAMU, ela teve cerca de 98% do corpo atingido pelas chamas e corre sério risco de vida, por isso necessita de atendimento especializado.

O suspeito da autoria do crime, que aconteceu às 2h, numa casa localizada na Rua Ernest Kaestner, no bairro Itoupava Central, está internado no Hospital Santa Isabel. A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias também foram acionados para o local do fato. Assim que obtermos mais informações iremos atualizar as notícias dessa lamentável ocorrência.

error: Conteúdo Protegido !!