Hospital Santa Isabel libera visitas aos pacientes internados a partir de segunda-feira, 28 de setembro

Estabelecer orientações para prevenção à Covid-19 e garantir a segurança dos pacientes e profissionais . Esse é o objetivo do Hospital Santa Isabel em relação à presença de acompanhantes e visitantes na instituição. A partir de segunda-feira, dia 28 de setembro, a instituição libera as visitas aos pacientes internados, alinhada às normas e diretrizes do Ministério da Saúde em relação ao combate à pandemia, e agindo de acordo com os decretos do Governo do Estado de Santa Catarina.

O Hospital orienta que os visitantes ou acompanhantes devem se apresentar na recepção. Antes de realizar o cadastro, o visitante será questionado se possui sintomas gripais. Se houver, não terá permissão para entrar, mas pode ser substituído por outra pessoa. A temperatura de todos será aferida e, se constatada acima de 37,7ºC, não terá a sua entrada permitida.

A higienização frequente das mãos e uso de máscaras são obrigatórios durante todo o período dentro da unidade hospitalar. O acompanhante e visitante não deve circular pelos corredores do hospital: a visita é restrita ao quarto/leito de seu ente querido.

O Hospital também recomenda que as pessoas utilizem as escadas para acesso aos andares de internação. Se não for possível, os elevadores seguem à disposição com capacidade limitada: quatro pessoas no elevador à esquerda, e duas pessoas no elevador à direita. Há marcações de distanciamento no chão que devem ser respeitadas.


>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube

Visitação
Os pacientes internados em leitos não-covid poderão receber um visitante por dia durante uma hora. As visitas serão entre 10h e 20h. Para os internados na UTI Geral, está autorizada uma visita por dia, com duração de 30 minutos. As visitas serão em dois horários: leitos 01 ao 10 – das 11h às 11:30h; leitos 11 ao 20 – das 11h30 às 12h. Já, para a UTI Coronariana, os pacientes poderão ter uma visita por dia, com duração de 30 minutos, das 11h30 às 12h. É importante ressaltar que os trabalhos na UTI Geral UTI Coronariana foram normalizados, não sendo mais um ambiente para atendimentos de paciente com suspeita ou confirmação de Covid-19.

Pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 estão internados em setores exclusivos para essa patologia – UTI Covid-19 e Enfermaria Covid-19. As visitas para este setor continuam suspensas, visto que ainda existe alto risco de contágio e propagação da doença.

No momento da internação, é solicitado o contato de um familiar responsável por este paciente, o qual receberá um boletim informativo diário. Não serão repassadas informações para outros familiares.

Acompanhantes
Pacientes menores de 18 anos e acima de 60 anos, portadores de necessidade especiais e gestantes, têm direito à um acompanhante, respeitando os seguintes critérios: o acompanhante deve ser maior de 17 anos e menor de 60 anos; não deve apresentar sinais e sintomas de doenças respiratórias, nem ter contraído Covid-19 (resultado positivo para Covid-19 nos últimos 20 dias). Pode haver troca uma vez ao dia, das 8h às 20h (não serão realizadas trocas fora destes horários).

O benefício do acompanhante segue suspenso na UTI, UCO e Serviço de Emergência.

Maternidade
A gestante em trabalho de parto tem direito a um acompanhante (sem sintomas de gripe e com uso em tempo integral de máscaras). O serviço de fotógrafo e doula está permitido, mas a gestante deve optar por um ou outro – não será permitida a entrada dos dois profissionais. A regra foi estabelecida com foco na segurança das gestantes, recém-nascidos e profissionais de saúde.

A gestante com acompanhante, não tem direito a visitas. Gestantes em consulta, trabalho de parto e cesárea com suspeita e/ou confirmada de Covid-19, devem dar entrada hospitalar pelo Serviço de Emergência. As gestantes com cesárea eletiva, sem suspeita de Covid-19 ou sintomas gripais, devem entrar pela internação, via Recepção Geral.

O Curso de gestantes será retomado no mês de outubro com número máximo de 10 grávidas.

Foto: Gabriel Silva / HSI

error: Conteúdo Protegido !!