Ministro da Saúde trás R$ 156,7 milhões para hospitais de Santa Catarina

O ministro da saúde, Ricardo Barros, esteve em Santa Catarina nesta sexta-feira (27), acompanhado de outras autoridades para atos no Conselho Regional de Contabilidade, em Florianópolis. Barros reforçou ao governador Raimundo Colombo a liberação de R$ 156,7 milhões para serem utilizados para o subsídio de serviços hospitalares e ambulatoriais, além de atendimentos de média e alta complexidade.

O valor será distribuído para 55 serviços em 35 municípios, sendo que R$ 30,5 milhões beneficiam serviços como leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), voltados para o atendimento de urgência e emergência, custeio de atendimentos hospitalares e ambulatoriais voltados à assistência especializada, incluindo de média e alta complexidade. Os outros R$ 126,2 milhões são referentes a emendas parlamentares, principalmente proporcionadas pelo senador de Blumenau, Dalírio Beber.

A verba liberada foi abaixo da expectativa das direções dos hospitais, que atualmente estão sofrendo por conta da falta de recursos financeiros. Além da escassez dos repasses os hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ainda sofrem com a desatualizada tabela do Sistema que está estagnada por cerca de 15 anos. O único “benefício” anunciado para o momento foi a facilitação de linhas de crédito via Caixa Hospitais e BNDES Saúde apresentadas às entidades filantrópicas. Por conta da crise, os representantes dos hospitais filantrópicos dizem que cerca de 20 unidades de saúde podem fechar esse ano.

 

Foto: Jaqueline Noceti / Secom-SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!