Por doping Guerrero é suspenso e deve ficar fora da Copa do Mundo da Rússia

O atacante peruano Paolo Guerrero, que joga no Brasil pelo Flamengo, foi suspenso por um ano pela Fifa por testar positivo em um exame antidoping durante o último jogo da seleção de seu país nas Eliminatórias da Copa do Mundo, que colocou o time na repescagem. Logo depois da classificação para repescagem, o Peru foi quem conquistou a última das 32 vagas para  torneiro mundial, garantindo com uma vitória por 2 a 0 sobre a Nova Zelândia, no Estádio Nacional, em Lima. No duelo de ida, disputado no país da Oceania, as duas seleções empataram por 0 a o.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

“O jogador testou positivo para o metabólito da cocaína Benzoilecgonina, uma substância incluída na lista proibida da Wada de 2017 sob a classe ‘S6. Estimulantes'”, disse em nota a Fifa. A defesa do atleta anunciou que vai recorrer da decisão.

A Federação Peruana de Futebol (FPF) lamentou a suspensão aplicada pela Fifa e se solidarizou com o atleta destacando sua “qualidade pessoal e profissional”. “Elogiamos a sua imensa contribuição à nossa seleção como capitão e líder do grupo”, informou nota da FPF.

 

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

error: Conteúdo Protegido !!