Procurador-geral da República denuncia políticos do PMDB por formação de quadrilha

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou nesta sexta-feira (8) uma denúncia por organização criminosa contra senadores e ex-senadores do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) e um do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) ao Supremo Tribunal Federal.

Entre os políticos denunciados estão os atuais senadores Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Jader Barbalho (PA), Edison Lobão (MA) e Valdir Raupp (RO) – todos do PMDB – e os ex-senadores José Sarney (PMDB-MA) e Sérgio Machado (PSDB-CE e ex-presidente da Transpetro).

A denúncia apresenta indícios de que o grupo atuava e tinha controle sobre a diretoria internacional da Petrobras e conseguia propinas no montante de R$ 864 milhões e terem gerado um prejuízo de R$ 5,5 milhões para a Petrobras, além de R$ 113 milhões para a Transpetro. A denúncia é semelhante àquela apresentada por Janot contra membros do PT (Partido dos Trabalhadores) e também do PP (Partido Progressista).

 

Foto: José Cruz / Agência Brasil

 

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

error: Conteúdo Protegido !!