PT e PSDB: O antagonismo histórico que pode dividir uma cela de 6m²

Artigo de Thiago Schulze, colunista do Mesorregional:

Esta semana, José Serra e Geraldo Alckmin, antigos presidenciáveis do PSDB, se tornaram alvos de operações da chamada “Lava Jato Eleitoral”.

Passamos quase trinta anos acreditando que PSDB e PT eram realmente partidos com ideologias antagônicas, quando na verdade suas origens e até mesmo o seu modus operandi sempre foram bem semelhantes.

O PSDB foi fundado em 1988 por deputados e senadores do PMDB de Minas e de São Paulo decepcionados com algumas posições direitistas tomadas pelo partido na época, os quais decidiram então criar um partido novo, mais à esquerda. Estava criado o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

A esquerda até os dias atuais costuma se juntar no segundo turno de eleições presidenciais e não foi diferente em 1989, no primeiro segundo turno que tivemos, quando o candidato do PSDB (Mário Covas), que na primeira etapa havia ficado em 4º Lugar, apoiou Lula.Durante o Governo Itamar Franco, a aliança entre PT e PSDB parecia cada vez mais consistente, sem muita divergência ideológica. Em 1993 o tucano Tasso Jereissati admitiu ao jornal Folha de São Paulo a possibilidade de ser vice na chapa de Lula nas eleições presidenciais de 1994. Na ocasião a vitória de Lula era dada como certa.

No entanto, em 27 de Fevereiro de 1994, o Plano Real, encabeçado pelo economista Gustavo Franco, foi iniciado pelo então Ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso. A ideia deu tão certo que conseguiu resolver quase que de imediato um dos maiores problemas da história do Brasil: a hiperinflação, consequência principalmente da expansão monetária e da crise do petróleo de 1973.

Pesquisas eleitorais começaram a ser feitas pelo PSDB e mostraram que Fernando Henrique Cardoso ganharia a eleição já no primeiro turno em disputa com Lula. Foi exatamente neste ponto que o acordo que havia entre os dois partidos para a eleição presidencial foi rompido, o fato previsto acabou se concretizando e a fúria de Lula com sua derrota tornou o relacionamento entre estes dois partidos um dos maiores antagonismos políticos que este país já viveu.

Atualmente, vivemos uma Pandemia de processos judiciais suspensos e prisões sendo temporariamente cumpridas em caráter domiciliar. Tão logo tudo volte ao normal, talvez, finalmente, as figuras mais caricatas destes dois partidos poderão resolver suas diferenças acumuladas ao longo de quase três décadas jogando um baralho espanhol em uma cela de seis metros quadrados.

Siga-me também no Instagram: @thiago.schulze

error: Conteúdo Protegido !!