Vereador do PT que trabalhou 15 anos com cargo de comissão, apresenta proposta de redução de salários do Executivo de Gaspar

O vereador Rui Carlos Deschamps, do Partido dos Trabalhadores de Gaspar, protocolou na última sexta-feira (10) um Projeto de Lei na Câmara Municipal, que propõe a redução de 25% dos salários do prefeito, do vice-prefeito e dos secretários municipais. Caso a proposta vá ao Plenário e seja aprovada, as mudanças passariam a valer a partir de 2018. O vereador faz parte da bancada de oposição e também ocupava cargo comissionado durante o governo anterior, que era de seu partido.

O Notícias Vale do Itajaí entrou em contato com o vereador proponente na manhã de hoje (14) e questionou os motivos da iniciativa, justamente no momento em que a atual gestão trabalha com propostas de equilíbrio nas contas públicas e sugere mudanças, adequando o pagamento do Vale Alimentação dos servidores públicos, o que gerou mobilização por parte do sindicato da categoria. A proposta do Executivo é efetuar o pagamento em cartão de alimentação e não mais em dinheiro juntamente como salário, na folha de pagamento.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

“Na realidade, nós como vereadores, temos que colaborar, não é nenhuma questão de oposição… já que o Executivo está tentando realizar ações que visão economizar, tenho que dizer, que talvez não seja o melhor caminho, mas essas mudanças vão gerar uma certa economia.” afirmou Rui. Sobre a análise e aprovação do Projeto ele disse que acredita que a proposta será aprovada pela maioria de seus colegas. “Há sete vereadores que integram a base governistas e seis que não compõem, por isso acredito que o Projeto será aprovado.”

Indagamos o vereador sobre o motivo dele não ter sugerido a redução de salários no legislativo. O parlamentar respondeu que isso não teria efeito para a atual legislatura. “Essa proposta também seria possível, quem sabe possa ser apresentada por um colega, mas só será válida para o próximo mandato.” Sobre a possibilidade de aumento no número de cadeiras no Legislativo de Gaspar, ele se manifestou contra a possibilidades de aumentar o número de vagas.

Deschamps informou que é aposentado e que trabalhou durante 37 anos no SAMAE, sendo que durante aproximadamente 15 anos recebeu comissão por função gratificada em diversos governos. Sobre isso ele falou que pensa que os salários dos comissionados já são baixos. “Os pagamentos dos cargos comissionados hoje já são reduzidos… com  exceção dos secretários, o cargo que mais recebe em Gaspar, recebe cerca de apenas R$ 5 mil.” concluiu o petista.

 

Foto: Reprodução / Facebook (Esquerda ex-prefeito de Gaspar, Celso Zuchi e a direita da foto vereador Rui Dechamps, ambos do PT)

error: Conteúdo Protegido !!