Decretos visam incrementar valores para os serviços voluntários do CBMSC

Na manhã desta sexta-feira (07), o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e juntamente com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), coronel Marcos Aurélio Barcelos, assinaram o aumento dos valores do ressarcimento destinado à alimentação e transporte da categoria.

Em 2017, a lei 17.202 estabeleceu valores para ressarcimento de despesas com alimentação e transporte para bombeiros comunitários. Atualmente, os valores destinados são de R$ 45, para 4 a 6 horas de serviço; R$ 90, para serviços de 8 a 16 horas; e R$ 180, para plantões de 24 horas. Agora, de acordo com o Decreto, os valores passam a ser R$ 52, R$ 104 e R$ 208, respectivamente.

Converse com o Mesorregional e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Além disso, a partir de agora, os bombeiros comunitários poderão atuar em atividades operacionais emergenciais, além de programas e projetos sociais em apoio. Para o ressarcimento das atividades voltadas aos programas e projetos da corporação, será calculado o valor de R$ 15,62 por hora atividade. 

Já aos guarda-vidas civis voluntários as diárias de ressarcimento passaram de R$ 108 para R$ 124,80 nos turnos de 6 a 9 horas e de R$ 180 para R$ 208 nos turnos de 9 a 12 horas de serviço. Além de brasileiros, um bom número de estrangeiros, em especial uruguaios e argentinos atuam no litoral com esse serviço, no litoral catarinense.

Foto: Wellington Civiero Ferreira / Mesorregional (Arquivo)

error: Conteúdo Protegido !!