Energia elétrica mais cara em agosto, por conta de bandeira tarifária vermelha

O governo dá mais uma má notícia para os brasileiros, já que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária a ser aplicada nas contas de energia elétrica em agosto será vermelha, patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo a Aneel, o fator que determinou o acionamento da bandeira vermelha foi o aumento do custo de geração de energia elétrica.

Em nota, a Agência justificou ontem (28) que, segundos dados do relatório do Programa Mensal de Operação do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação, a Usina Termelétrica Bahia 1, é de R$ 513,51 megawatts-hora (MWh).

 

Foto: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

error: Conteúdo Protegido !!