Equipes mobilizadas para salvar vida de quem recebe transplante de órgão

O Notícias Vale do Itajaí acompanhou com exclusividade os minutos finais da viagem mais importante da vida de Bernardo Hemkemeir, de 61 anos que veio da cidade de Rio Fortuna, na grande Florianópolis até Blumenau, onde seria submetido a uma transplante de fígado no Hospital Santa Isabel (HSI), no início da tarde desta quarta-feira (22). (Veja transmissão feita ao vivo pela página do Facebook do NVI)

Todo o trajeto da ambulância que transportou o paciente foi feito com segurança e agilidade graças ao apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que também recebeu ajuda da Guarda Municipal de Trânsito (GMT), no perímetro urbano de Blumenau. Foram mais de 330 quilômetros de viagem que iniciou por volta das 8h30min e que teve fim às 11h25min, quando Sr. Hemkemeir chegou na recepção do hospital.

Diomar Roecker, que tem 51 anos, foi o motorista da ambulância que pertence a Secretaria de Saúde de Rio Fortuna. Ele falou que sente orgulho em ter essa profissão, e que já foi morador de Blumenau, mas que preferiu voltar para sua terra natal para poder contribuir com as pessoas de sua cidade de uma forma mais efetiva. Ele concedeu entrevista ao NVI, confira:

 

De acordo com a PRF de Blumenau que passou a fazer a escolta a partir do km 10 da BR-470 para o veículo de saúde, o órgão estava aguardando o paciente no hospital para que a cirurgia precisa ser realizada ele precisaria estar antes das 13h, por isso foi necessário o comboio e auxílio das autoridades de trânsito.

Em nota a PRF informou que o trabalho rápido de policiais rodoviários federais, com apoio da GMT de Blumenau, “permitiu que um paciente pudesse sair do Sul do Estado até o Vale do Itajaí a tempo de receber um fígado para transplante. Por volta das 7h da manhã hoje, um homem de 61 anos, morador de Rio Fortuna, recebeu a ligação do Hospital Santa Isabel de Blumenau avisando que havia um fígado compatível.”

Fotos: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

 

Claudete Hemkemeir, filha do Sr Bernardo, falou com o NVI e elogiou todo o trabalho realizado pela equipe médica do HSI, assim como da PRF e da GMT. “Eu e todas as pessoas da minha famílias somos muitos gratos por todo o trabalho realizado por essas pessoas que estão empenhadas em garantir o transplante de fígado no meu pai. Todos são verdadeiros anjos e só temos que elogiar tudo, desde o início do tratamento até aqui.” disse Claudete. Ainda de acordo com ela o Sr. Bernardo necessita de transplante de fígado, por conta de um câncer que atingiu seu órgão, assim como a cirrose.

Para o chefe da Guarda de Trânsito de Blumenau, Jailson Rogério Candido, o trabalho da GMT contribuiu para para oferecer condições para que o comboio não ficasse parado no trânsito. “Nesse tipo de situação, cada segundo é importante para resguardar uma vida sendo transportada, bem como garantir a segurança dos usuários de uma via. Sempre que há essa demanda, a PRF faz a comunicação com a GMT informando o horário e trajeto. Um grande facilitador desse serviço agora é a nova comunicação digital adquirida no final de 2016, onde a GMT, via GPS, pode identificar os agentes mais próximos dos locais por onde passará o veículo, direcionando-os para os pontos mais críticos.” disse Jailson!

 

Transplante não pode ser realizado

Infelizmente o transplante que Bernardo Hemkemeir tanto aguarda e precisa ainda não pode ser realizado. Isso porque de acordo com informações repassadas pelo Hospital, o fígado doado fígado chegou a ser aprovado no exame físico mas acabou não sendo aprovado após a bateria de exames e técnicas necessárias para o procedimento de transplante hepático.

A filha do paciente disse que vai continuar com muita esperança e que acredita que em breve um novo órgão doado possa ser compatível com o organismo se seu pai. “A gente foi orientado que isso infelizmente poderia acontecer. Mais uma vez reitero que toda equipe do hospital foi muito atenciosa conosco e explicou tudo com muito detalhes. São coisas da vida. Esperamos que meu pai possa voltar aqui em breve e ter receber uma transplante que com certeza será realizado com sucesso por essa equipe brilhante que trabalha no Santa Isabel.” afirmou Claudete.

 

Hospital é referência nacional em transplante hepáticos

O Hospital Santa Isabel é referência em transplante de órgãos no Brasil. Referente a transplantes hepáticos, a unidade de saúde é a primeira em número de transplante comparando hospitais de todo o Brasil. Santa Catarina também dá um verdadeiro show quando o assunto é doação de órgão, já que o estado é um dos que mais possuem doadores de órgãos e tecidos.

 

Agradecimentos:

O Notícias Vale do Itajaí agradece por todo o empenho prestado no dia a dia da Polícia Rodoviária Federal e na Guarda Municipal de Trânsito de Blumenau para prestar um serviço eficiente a toda sociedade. Agradecemos a cortesia do convite e autorização para acompanhar o comboio do paciente. Além disso agradecemos também a atenção nos dada pela equipe do Hospital Santa Isabel e pela família Hemkemeir. Esternamos nossos sentimentos e desejo que tudo de bom seja conquistado pelo Sr. Bernardo e tantas outras pessoas que aguardam por uma transplante de órgão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido !!