Gaspar deve iniciar mudanças através do Plano de Circulação Viária ainda este ano

Um dos grandes desafios de Gaspar é o trânsito, principalmente em relação a possibilidade do desfio da circulação  de veículos pesados pela região central da cidade. Por isso a Prefeitura apresentou ontem (24) um plano de mudanças viárias que devem impactar positivamente tanto para os gasparenses, como para cidadãos de cidades vizinhas que passam no município rotineiramente, como motoristas de Blumenau e de Brusque.

Estão previstas diversas alterações, como retiradas de semáforos, mudanças em cerca de 25 cruzamentos e desvios, além da criação de um binário. Tudo será feito inicialmente como recursos municipais, com estimativa de investimento entre R$ 150 mil e R$ 200 mil. Essas alternativas que visam a melhoria da mobilidade urbana e esse Plano de Circulação Viária impactará principalmente a região do Centro.

Tudo isso ainda está sendo discutido através da Secretaria de Planejamento Territorial com a Superintendência de Trânsito, entre outras secretarias e a Prefeitura de Gaspar abre espaço para sugestões da própria comunidade, que poderá participar com ideias através do e-mail sec.planejamento@gaspar.sc.gov.br .

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

“Esses avanços vão acabar contribuindo, não apenas para com os cidadãos de Gaspar, mas também para quem precisa circular de Brusque para Blumenau, de Blumenau para Ilhota e Itajaí e vice e versa.” afirmou Alexandre Gervard, secretário de planejamento, responsável pelos projetos, que apresentou o plano, juntamente com o prefeito Kleber Wan-Dall.

O prefeito ressalta que tudo está sendo preparado para melhorar a vida de quem utiliza o trânsito. “Pode ser que nem tudo isso seja colocado em prática, mas estamos apresentando as alternativas e ouvindo sugestões para que tudo seja concretizado com objetivo de fornecer o melhor resultado, tanto para motoristas, quando ciclistas, pedestres e usuários do transporte coletivo urbano.” disse Wan-Dall, entusiasmado.

Quanto a data de conclusão do plano, a equipe de governo preferiu não se comprometer, mas confirmaram que pretender iniciar as primeiras mudanças ainda em novembro. “Não temos datas definidas ainda, mas estamos trabalhando intensamente para que tudo feita com a máxima agilidade. Nosso desejo é: o quanto antes.” frisou o chefe do Executivo.

Fotos: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

 

Algumas questões serão amplamente debatidas por ainda não estarem definidas, como rotas de ciclistas, rotas e paradas de ônibusm rotas de caminhões, sentido da Rua Augusto Beduschi, semáforos das ruas São José e Doralício Garcia, cruzamento direto da Rua José Rafael Schimitt com a Duque de Caxias e a proibição de estacionamento em trecho da Coronel Aristiliano Ramos.

 

Propostas do Plano

No sentido Bela Vista/Santa Terezinha/Poço Grande o trânsito será desviado em ruas de mão única com faixa dupla, iniciando no supermercado Top, pela rua Arnoldo Kock, José Honorato Muller, passando pela rua Frei Antonino, que será alargada, Prefeito Leopoldo Schramm, José Anastácio da Silva, Leopoldo Alberto Schramm, Frei Solano e Arnoldo Schramm até atingir a Avenida das Comunidade que ligará com a rua Duque de Caxias que também terá duas faixas em direção aos bairros Bateias/Barracão, até chegar ao entroncamento com a rua Barão do Rio Branco.

Na rua Arnoldo Schramm na central funerária haverá um retorno com sentido ao viaduto para a esquerda, para os moradores que vem dos bairros Gaspar Grande, Coloninha, irem em direção aos bairros Figueira/Bela Vista e à direita na Avenida das Comunidades  em duas faixas até o bairro Sete de Setembro, Avenida Francisco Mastella e Rodovia Jorge Lacerda.

No bairro Gasparinho, o fluxo destinado ao Santa Terezinha/Bateias/Barracão, será orientado a desviar pela rua Fernando Krauss e rua Rodolfo Vieira Pamplona até atingir a rua Barão do Rio Branco, no bairro Santa Terezinha, para poder acessar a Avenida Frei Godofredo e rodovia Ivo Silveira.

Já no sentindo inverso, o condutor que vem da Rodovia Jorge Lacerda, Avenida Francisco Mastella e Rodovia Ivo Silveira, no conhecido Trevo da Paroli, deverá seguir pela rua Industrial José Beduschi até alcançar a rua São José que terá o seu sentido invertido, e seguir até a rua São Pedro, onde o fluxo voltará para a Avenida das Comunidades  no sentido Figueira/Bela Vista.

Antecipadamente, este fluxo ainda poderá tomar a rua Augusto Beduschi que também terá sentido à rua Duque de Caxias, para retornar aos bairros Sete de Setembro ou Santa Terezinha, ou seguir à direita sentido bairros Coloninha, Figueira e Bela Vista.

A Rua Coronel Aristiliano Ramos passará a ter mão única a partir da ponte no entroncamento com a rua Itajaí, em toda sua extensão, até a rua Mário Vanzuita, que também terá sentido único em direção a rua Arnoldo Schramm, passando sob o elevado. Ainda nesta direção a Avenida das Comunidades e rua Dr. Nereu Ramos terão duas faixas do final da rua São Pedro até o entroncamento com a rua Arnoldo Kock, para permitir a saída do Centro com o fluxo em mão única em duas faixas sentido ao Figueira e Bela Vista.

O acesso ao bairro Margem Esquerda não poderá mais ser feito passando sob o viaduto pela rua Mario Vanzuita em direção à Ponte Hercilio Deeke. Este fluxo procedente das ruas Frei Solano e Arnoldo Schramm, que passa defronte aos prédios Alvorada e Monte Carlo, seguirá pela Avenida das Comunidades e entrará para o Centro pela rua Doralício Garcia, seguindo pela rua São José. Com isso, os motoristas terão a opção de tomar a rua Coronel Aristiliano Ramos pelas ruas Irmãos Krauss, rua Auguto Beduschi e rua São Pedro sentido rua Coronel Aristiliano Ramos até chegar à Ponte Hercílio Deeke.

 

*Com informações da assessoria de comunicação da Prefeitura de Gaspar

error: Conteúdo Protegido !!