Guardas de Trânsito de Blumenau auxiliam atendimento de duas ocorrências clínicas

No fim do mês de março o Notícias Vale do Itajaí trouxe com exclusividade o auxílio que agentes da Guarda de Trânsito de Blumenau prestaram a família de um idoso que sofreu um mal súbito, auxiliando nos primeiros socorros e na condução até o Hospital Santa Isabel. Na última sexta-feira (19) mais dois casos clínicos receberam auxílio de agentes da guarda, um foi na Rua Bahia, bem próximo ao local onde ocorreu o atendimento de março, o outro foi na Rodoviária de Blumenau, onde fica a sede da Guarda Municipal de Trânsito (GMT).

Fotos: André Vanzuiten / GMT

O primeiro auxílio de sexta, ocorreu por volta das 18h, no cruzamento da Rua Bahia com a Rua Benjamin Constant, no bairro Salto, onde os agentes Eduardo Alves e André Vanzuiten estavam fazendo patrulhamento no semáforo local, quando segundo eles parou uma condutora aflita pedindo ajuda, pois seu marido teria sofrido um corte profundo no pulso esquerdo. “Ela nos relatou que seu esposo estava carregando uma geladeira na escadaria e a geladeira acabou de sua mãe o ferindo.” relatou Vanzuiten.

Ainda de acordo com os agentes, assim que viram que o estado da vítima era grave, acionaram o Corpo de Bombeiros e prestaram os primeiros socorros, com estancamento da hemorragia. “A vítima já tinha perdido muito sangue e estava rebaixando, começando a perder a consciência. Assim que os bombeiros chegaram foram imediatamente ao hospital.” afirmaram os agentes de trânsito.

 

Um pouco mais tarde, por volta das 21h, na rodoviária da cidade, um homem sofreu uma parada cardíaca e agendes de trânsito também iniciaram procedimentos de reanimação da vítima, assim que o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado. Nesse caso o homem a acabou não resistindo, mas todos os procedimento de reanimação cardiopulmonar foram efetuados. Ainda segundo agentes da GMT a equipe médica ainda tentou por mais 30 minutos os procedimentos de reanimação, mas a perda da vida foi inevitável. As identidades das vítimas não foram divulgadas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido !!