Homem é suspeito de assassinar mulher e enviar foto do corpo para própria filha

Ninguém pertence a ninguém! Mas alguns seres humanos se acham no direito de ter como propriedade a vida de outra pessoa. Um caso registrado na manhã desta quarta-feira (09), em Blumenau, exemplifica isso, já que um homem de 62 anos, que não aceitou o fim do relacionamento com uma mulher de 50, acabou tirando a vida dela através de facadas na residência da vítima, localizada na Rua Sophia Steiethorst, bairro Água Verde. E após cometer o feminicídio, ele ainda enviou a foto do corpo da mulher para a filha, via WhatsApp.

>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube

Após tirar a vida de Margarete Zanella, o suspeito da autoria do crime, Silvestre da Rosa, que estava em discórdia há cerca de três meses com a mulher, teria atentado contra sua própria vida, mas ainda foi socorrido pelos profissionais da Unidade de Suporte Avançado do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado ao Hospital Santa Isabel. De acordo com informações exclusivas obtidas pelo Mesorregional, Silvestre possui dois ferimentos na região do pescoço e dois no tórax e está em estado gravíssimo.

Além dos socorristas, a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias foram até o local do crime, afim de garantir a segurança no local e de colher informações e provas relacionadas ao bárbaro crime. O corpo de Margareth foi encaminhado ao Instituto Médico Legal e após necrópsia estará à disposição de familiares para os procedimentos fúnebres. Margarete foi atingida por pelo menos dois golpes de faca no pescoço.

Foto: Reprodução / Facebook

Foto em destaque: Divulgação / SAMU

error: Conteúdo Protegido !!