Jovem com endometriose profunda faz vaquinha online

Há cerca de 30 dias, Ana Carolina Batista Moraes descobriu que tem endometriose profunda. Para a cirurgia de remoção do foco, ela precisa arrecadar pouco mais de R$ 30 mil. Com vinte anos, a jovem precisa realizar a cirurgia porque sente dores muito fortes, devido à presença da endometriose estar localizada no ovário esquerdo, que terá de ser retirado, parte da bexiga e do intestino.

Do valor que precisa ser arrecadado, R$ 85,00 é para o eletrocardiograma, R$ 226,00 para exames que devem ser feitos antes da cirurgia, R$ 12 mil para pagar a equipe médica, R$ 600,00 de instrumentação, R$ 14.801,00 para arcar com os custos do hospital com retossigmoidectomia e R$ 3.000,00 para o anestesista. Para o laboratório, o valor não está fechado, pois dependerá da quantidade de material que será retirado.

“O tipo de endometriose que eu tenho é um pouco mais grave e está em estágio avançado. Por isso, qualquer valor doado será muito bem-vindo. Peço que me ajudem com qualquer valor para que eu possa fazer a cirurgia”, declara Ana.

Para ajudar:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajudem-a-ana-ana-caroline-batista-moraes


A doença
A endometriose profunda é uma doença inflamatória grave, que ocorre quando o endométrio, camada que reveste o interior do útero, está presente fora da cavidade uterina e penetra profundamente nos órgãos da região, lesionando-os.

Na endometriose profunda, o tecido endometrial atinge uma área maior do órgão, ainda mais espesso do que na endometriose comum, provocando dores intensas, fluxo sanguíneo exagerado e infertilidade.

Foto: Divulgação / Ana Carolina Batista Moraes

error: Conteúdo Protegido !!