Mesmo com a pandemia, SC atrai mais empresas e investimentos

O crescimento na retomada econômica e no índice de confiança do investidor foram compravados pelos dados apresentados pela Junta Comercial (Jucesc). Os números mostraram um saldo positivo de 344 novos empreendimentos, o que representa 74% a mais de empresas que vieram para Santa Catarina do que as que migraram para outras regiões.


O destaque está na abertura de empresas. De um total de 144.092 constituições, o Estado obteve um saldo positivo de 97.947, entre 1º de janeiro e 3 de novembro de 2020. Um crescimento de 14,4%, em relação a 2019.


O relatório da Jucesc também revelou que uma das alternativas para a geração de renda desde o início da pandemia foi a formalização do microempreendedor individual. O Estado apresentou um saldo positivo de 61.994 novas MEIs, resultado de 80.412 constituídas e 18.418 extintas, de 17 de março até 3 de novembro. No ano de 2020, já são mais de 82 mil MEIs em Santa Catarina.

> > Participe do nosso grupo no WhatsApp
>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube


Para o presidente da Jucesc, Gilson Lucas Bugs, os números comprovam a resiliência do empreendedor e sua capacidade de atuar com criatividade e inovação na busca de uma nova realidade de crescimento empresarial em Santa Catarina. “Trabalhamos com otimismo na retomada da economia catarinense e na melhoria real e objetiva do ambiente de negócios. Apesar das dificuldades trazidas pela pandemia, Santa Catarina se destaca nos comparativos com 2019. Somos um povo trabalhador, que supera adversidades e o Estado tem um papel fundamental na manutenção dos empregos e na geração de renda”, frisa Bugs.

Foto: Pixabay / Divulgação

error: Conteúdo Protegido !!