Mesmo sem o horário de verão, é possível economizar energia em seu comércio. Saiba como!

O velho hábito de adiantar uma hora no relógio para deixar o dia mais longo foi alterado em 2018, na maioria dos estados brasileiros. O objetivo desse adiantamento era aproveitar a iluminação natural do sol para que houvesse menos consumo de energia elétrica. Com horário de verão ou sem, o consumo de energia cresce no País. Segundo o relatório anual estatístico de Energia Elétrica, feito pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o número de energia gerada foi de 482.226 GWh em 2019. Só os setores industrial e de comércio, juntos, utilizaram 54% dessa energia elétrica. No entanto, mesmo sem os benefícios do horário de verão, com algumas medidas simples é possível diminuir a conta de luz do seu negócio.

> > Participe do nosso grupo no WhatsApp
>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube


Confira as dicas da empresa Gedisa para economizar energia:


Janelas e cortinas abertas
O ideal é buscar por janelas grandes e sempre que possível deixá-las abertas, inclusive as cortinas do seu estabeleciment, para que a luz natural entre com maior intensidade.

Use lâmpadas de LED
Além de possuir uma vida útil maior, as lâmpadas de LED consomem menos energia dos que as lâmpadas normais. A economia de energia, se comparada a uma lâmpada normal, pode passar de 80%. É bom ficar ligado também na manutenção das instalações elétricas.


Prefira paredes claras

Opte por paredes com cores claras, que contribuem para a propagação da luz natural e ainda dão sensação de amplitude ao seu ambiente.


Desligue os aparelhos após o expediente
É recomendado que todos os aparelhos, que podem ser desligados, sejam retirados da tomada. Evite deixar televisores, computadores, impressoras e roteadores wi-fi, por exemplo, que ficam no modo stand-by, ligados após o término do expediente.


Ar-condicionado
O ar-condicionado é o maior vilão das contas de luz e o uso adequado pode fazer grande diferença nas finanças do seu negócio. Se puder aproveitar a temperatura local sem ligá-lo, melhor. Caso não, tente usar sempre uma temperatura média e evite mudar constantemente.


Opte por geração distribuída
A geração distribuída é a modalidade na qual o consumidor gera toda (ou parte), da energia elétrica que consome e é utilizada por meio da compensação de créditos. Em outras palavras, é como comprar energia direto do produtor sem os custos adicionais do distribuidor. O desconto com a modalidade é variável, mas pode chegar até 15% ao mês.

Foto: Arquivo / Mesorregional

error: Conteúdo Protegido !!