Naatz cobra governo sobre as péssimas condições das rodovias estaduais

Recentemente o governador Carlos Moisés da Silva, demonstrou interesse de injetar cerca de R$ 200 milhões de dinheiro do Estado para acelerar as obras de duplicação da BR-470, que é uma rodovia federal, além de auxiliar na recuperação da BR-163, no Oeste, fato que não agradou muitos catarinenses e também desagradou diversos prefeitos e parlamentares catarinenses, já que o governo do Estado não faz seu papel de casa com relação às rodovias estaduais, tendo em vista que diversas estão em péssimas condições, com buracos, desmoronamentos, mato nas margens, entre outras situações.

Na Sessão Ordinária destas quarta-feira (17), o deputado estadual Ivan Naatz (PL), líder da oposição na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC) voltou a fazer críticas duras sobre a situação das SCs, reconhecendo a importância das rodovias federais para a economia regional, mas que o governo estadual “deveria se preocupar primeiro em fazer o dever de casa”, apontando que o mais correto seria destinar recursos para a recuperação de pistas de rodovias estaduais, por conta do precário estado de conservação da rodovia Ivo Silveira, a SC-108, entre Gaspar e Brusque, além do caso da SC-425, que dá acesso ao município de Mirim Doce, no Alto Vale do Itajaí.

>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Converse com o Mesorregional pelo WhatsApp
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube

Naatz levou ao Plenário um pedaço de asfalto deteriorado e frisou que “Esse é o retrato do abandono da maioria das estradas catarinenses “. Na crítica o parlamentar ainda relatou que há trechos que já estão há mais de oito anos em situação precária, sem nenhum plano de recuperação previsto e prejudicando a circulação de pessoas e da economia regional .

Foto: Bruno Collaço / Agência AL

error: Conteúdo Protegido !!