O ISSBLU está quebrado, a Reforma Municipal é Urgente!

Se uma empresa arrecada anualmente R$ 118 milhões e gasta R$ 245 milhões, gerando um déficit anual de R$ 127 milhões em um rombo acumulado que já ultrapassa os R$ 3 bilhões, tendo apenas R$ 620 milhões em ativos, a situação é autoexplicativa: ela está quebrada.

Qualquer pessoa que tenha boas intenções e consiga enxergar além de seu próprio umbigo certamente entenderia da mesma forma. Esta é a situação do ISSBLU, o Instituto responsável pela arrecadação e pagamento das aposentadorias e pensões dos Servidores Públicos Municipais de Blumenau. Os balancetes da entidade do ano de 2020 comprovam esse déficit anual e estão disponíveis no site oficial da entidade.

O que está se buscando na Câmara de Vereadores de Blumenau é tentar aliviar o rombo, adequando o município à nova norma federal, assim como já fez nosso estado, em agosto. Entretanto, assim como certamente se dedicam quando você, um mortal, precisa de atendimento no serviço público, alguns servidores também tem se dedicado a contrariar a proposta apresentada na Casa Legislativa.

Quanto aos servidores que estão prestes a se aposentar e não querem se adequar à nova regra, a pergunta que deve ser feita é: “vocês querem receber aposentadoria até o final de suas vidas ou apenas até o ISSBLU quebrar?” Pois é… Essa resistência não faz sentido, uma hora não terá de onde tirar para cobrir o déficit e o resultado será drástico, seja para quem está prestes a se aposentar, para quem já se aposentou ou para quem ainda sonha, um dia, em fazê-lo.

Siga o colunista no instagram: @thiago.schulze e envie sugestões para politica@mesorregional.com.br.

Clique aqui e entre no Grupo de Whatsapp para receber esta coluna semanal sempre em primeira mão. É Grátis!

error: Conteúdo Protegido !!