Mais um policial militar é assassinado em Santa Catarina

Um série de ataques criminosos está assustando Santa Catarina novamente e pela primeira vez agentes da segurança pública são atingidos pela brutalidade de criminosos, que causou hoje a 5ª morte de servidor do Estado. Os primeiros atentados com agentes da Segurança Pública ocorreu em agosto em Joinville, quando suspeitos de serem integrantes de uma organização criminosa tirar a vida de dois agentes penitenciários, seguido do assassinato de um policial em um estabelecimento comercial.

Já no dia 30 de agosto, um novo ataque tirou a vida de do sargento da reserva Edson Abílio Alves, de 51 anos em frente a uma padaria bairro Monte Alegre, em Camboriú. Hoje (11) mais uma notícia triste para a sociedade de bem e para a corporação da Polícia Militar (PM), já que o cabo Everaldo Santos morreu depois de ser atingido por seis tiros a queima roupa, quando se dirigia para uma cooperativa de crédito para pagar contas pessoas.

O cabo prestava serviço no Pelotão de Patrulhamento Tático do 18º Batalhão de Polícia Militar, em Brusque e foi assassinado no dia de folga. Há informações de que três criminosos participaram do ato. Ele fugiram em um Hyundai HB 20, que foi abandonado numa estrada de chão entre Guabiruba e Blumenau. A polícia segue nas buscas por suspeitos com apoio do helicóptero Águia, de Lages, do Canil de Blumenau e de diversas equipes, incluindo as de Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam).

Fotos: Reprodução / Redes Sociais

 

O Notícias Vale do Itajaí recebeu o vídeo do momento do assassinato do policial, mas por conta da orientação de profissionais da segurança pública optamos por não divulga-lo, já que cenas de assassinatos de policiais são utilizados como “troféu” pela facções criminosas, segundo a própria PM.

 

Último adeus

O velório de Everaldo Santos acontecerá a partir das 21h no quartel do 18° BPM, localizado na Rua Dorval Luz, 90, bairro Santa Terezinha, em Brusque. Ás 4h da próxima madrugada o corpo será encaminhado para Ituporanga, onde às 16h haverá uma missa de corpo presente e o enterro está agendado para às 17h, no cemitério ao lado da Igreja Sagra Coração de Jesus, onde acontecerá a missa. A igreja fica localizada na SC-350, n° 386, bairro Cerro Negro.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

 

Resposta do Poder Público

O governo do Estado afirma que duas operações especiais realizadas pela Polícia Civil em resposta aos atos terroristas, nos dias 7 e 8 de setembro resultaram em mais de 100 prisões, além da apreensão de armas e drogas. Foram envolvidos mais de 300 policiais de todo o Estado e cerca de 50 viaturas. O balanço dos trabalhos foi divulgado oficialmente nesta segunda-feira, 11.

Ainda de acordo com o governo, líderes da organização criminosa, dentro e fora das unidades prisionais, assim como responsáveis por transmitir ordens para as ações criminosas, foram os principais alvos. Os detidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse de munição de calibre restrito e participação em organização criminosa. Foram realizadas diligências nas cidades de Florianópolis, São José, Navegantes, Joinville, Blumenau, Ilhota e Criciúma.

error: Conteúdo Protegido !!