Prefeitura de Blumenau estabelece novas medidas restritivas para combater a Covid-19

Na tarde desta segunda-feira (27), às 14h, a Prefeitura de Blumenau realizou uma transmissão ao vivo online por meio das redes sociais para apresentar novas medidas restritivas a fim de freiar o avanço do coronavírus na cidade. No momento, os hospitais da cidade estão com 94% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados, além dos leitos de guerra que estão com 29% de ocupação.

As novas medidas incluem a restrição do horário de funcionamento nos dias da semana, com horário único para segmentos de atividades privadas essenciais e todas as não essenciais, das 10h às 17h. Serviços privados essenciais de alimentação como padarias, confeitarias, açougues e peixarias têm atendimento com consumo no local das 10h às 17h, de segunda à sexta-feira. Nos demais períodos, compra sem consumo no local ou por delivery. Após às 17h, só podem permanecer abertos os supermercados, farmácias, postos de gasolina e hotéis.

Nos fins de semana, apenas supermercados, padarias, confeitarias, açougues, farmácias, , serviços de saúde, clínicas e hospitais veterinários têm permissão para abrir. Os serviços de alimentação, no entanto, devem atender sem consumo no local. Já os shoppings, centros comerciais, materiais de construção, agropecuárias e comércio em geral estarão fechados aos fins de semana. Bares, lanchonetes e restaurantes funcionarão apenas com serviço de delivery.

Igrejas devem permanecer fechadas de segunda à sábado, com exceção das igrejas adventistas, que abrem no sábado.

Além disso, outra medida anunciada nesta segunda-feira foi o cancelamento da Oktoberfest 2020 e do Réveillon 2020/2021 em Blumenau.

As medidas entram em vigor nesta terça-feira (28) e têm validade de 14 dias, com avaliação ao final do período. Novas medidas podem ser aplicadas de acordo com a evolução da situação diária do combate ao coronavírus


Imagem: Divulgação / PMB

error: Conteúdo Protegido !!