Professores lutam por cargo técnico e eficiente na Gerência Regional de Educação de Blumenau

Maria Isabel Porto Paes Schulz deve se despedir da Gerência Regional de Educação (Gered) em Blumenau muito em breve. O descontentamento de diversos profissionais da educação com sua gestão pode ter sido o maior motivador para a possível mudança no cargo, já que boa parte de professores das escolas estaduais de Blumenau, Gaspar, Ilhota, Luiz Alves e Pomerode afirmam que Maria Isabel não toma decisões e protela diversas questões importantes da pasta.

Por outro lado, o nome que surgiu para substituir Maria Isabel também causou preocupação em meio aos educadores. Eliomar Russi, estaria sendo o nome mais cotado para ocupar o cargo. Russi foi candidato a vereador em Blumenau pelo PMDB, partido que detém a vaga na Gered, porém não conseguiu se eleger.

Eliomar é ex-diretor de bem estar animal além de estar tendo que se defender de denúncias no Ministério Público relacionadas ao Cepread (Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos), saiu do cargo e assumiu uma diretoria na Secretaria Municipal de Defesa do Cidadão mas acabou não conseguindo voltar a ocupar um cargo na gestão municipal.

O presidente da Associação de Diretores da Regional de Blumenau, Jadir Booz, diz que a associação não é contrária as mudanças, mas que é aceitável que alguém que não seja do quadro efetivo e que não é ligado diretamente a educação. “Nós estamos indignados por essa possível indicação, pois essa pessoa que não tem conhecimento da demanda das nossas escolas. Ficamos indignados por essa situação, devido a luta que temos para melhorar a qualidade da educação. Somos totalmente favorável às mudanças, mas a nossa luta é para que a nova indicação seja de alguém ligado diretamente a educação.” afirmou Booz ao Notícias Vale do Itajaí. “Não temos nada pessoal contra Eliomar e nem contra Maria Isabel, mas queremos que alguém técnico e do quadro efetivo ocupe o cargo.” completou.

Eliomar é formado em Ciências da Computação, Ciências Exatas e Naturais, e não faz parte do quadro efetivo do estado, além de não ter experiência em gestão na educação. Isso é o que mais tem incomodado os professores da rede pública estadual, ao mesmo tempo em que a permanência de Maria Isabel não tem sido saudável, segundo diversos professores, o que tendência que o governo do Estado prefere priorizar a questão de conchavos políticos nas indicações de cargos nas Agências Regionais e prioriza a meritocracia e conhecimento técnico para administração da educação.

Atualmente a Gerência Regional de Educação de é responsável por gerir cerca de 2.200 professores que são responsáveis por quase 32 mil alunos nos cinco municípios que compõe a Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau.

 

Foto: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí (Arquivo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!