Resumindo o Impeachment do Governador Moisés

Artigo de Thiago Schulze, colunista do Mesorregional:

O que foi analisado na sessão extraordinária desta quinta-feira (17), na Assembleia Legislativa de Santa Catarina diz respeito tão somente à eventual crime de responsabilidade que teria sido cometido ao conceder aumento salarial aos procuradores do estado em 2019. Com mais de 75% dos votos da casa, os parlamentares catarinenses votaram pelo prosseguimento do processo de impeachment tanto contra o Governador, como contra sua Vice.

Ora, caros leitores, existem inúmero motivos para se “impichar” o Governador e sua Vice, mas este está longe de ser o mais forte. A licitação dos duzentos respiradores comprados por R$ 33 milhões de uma empresa cujo endereço dava em uma Casa de Massagens, é um grande exemplo disso. A Gestão Moisés, desde seu primeiro dia no Palácio d’Agronômica, agiu de modo incoerente ao que prometia durante a campanha.

Ainda que o tal aumento aos procuradores não seja um motivo forte, que a verdade seja dita: é sim suficiente para destituir do cargo o Governador, entretanto é muito estranho que a vice-governadora também seja julgada, tendo em vista que a mesma não teve qualquer poder de decisão no que concerne a esta questão.

Além disso, quem já se prepara para assumir em caso de afastamento do governador e da vice, é o presidente da ALESC, o deputado Julio Garcia, que possui uma ficha no mínimo duvidosa, tendo inclusive sido denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) nesta mesma semana por lavagem de dinheiro.

Se os rumores se mantiverem, é ele também que deve ganhar as eleições indiretas que ocorrerão na ALESC entre os quarenta deputados para escolher o novo governador.

É correto afirmar que a Gestão Moisés cometeu certo “estelionato eleitoral” com quem lhe depositou esperança nas eleições, entretanto não estamos na Europa e não dispomos de um parlamentarismo suficientemente desenvolvido, capaz de dar legitimidade a um governador como Julio Garcia.

Siga-me também no Instagram: @thiago.schulze

error: Conteúdo Protegido !!