Suspeito de homicídio em Gaspar confessa crime e diz ter se arrependido de “não ter feito isso antes”

Edemilson Camargo, de 43 anos, suspeito de ter assassinado Valmir Carlos Seberino, de 53 anos no decorrer da tarde desta sexta-feira (21) no bairro Belchior Central, em Gaspar, foi preso pela Polícia Militar no período noturno e em depoimento confessou o crime segundo o delegado Lucas Almeida, o preso afirmou que a única coisa que se arrepende é de não ter cometido o crime anteriormente.

Seberino foi vítima fatal de esfaqueamento na frente da própria casa e o suspeito do homicídio era seu inquilino. O ato violento aconteceu por volta das 16h05min de ontem, na Rua Heldo Florentino Wan-Dall. Após desferir diversos golpes de faca na vítima, Camargo usou uma picape Chevrolet Montana – de propriedade de Valmir – para fugir. Vídeo do momento do crime abaixo:

 

A unidade básica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para atendimento da vítima, porém assim que chegaram ao local, já não havia mais o que ser feito… Por conta das inúmeras facas, a vítima acabou não resistindo. Posteriormente a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias foram solicitados.

Por volta das 20h a picape foi localizada às margens da BR-470, em frente a um ferro velho no bairro Fortaleza, em Blumenau. Local bastante próximo do assassinato. Cerca de uma hora depois, os policiais do Canil da Polícia Militar (PM) acabaram avistando o suspeito no Terminal Urbano da Fortaleza, quando ele recebeu voz de prisão em flagrante.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Logo após a prisão do suspeito, o Notícias Vale do Itajaí foi até a Central de Plantão Policial de Blumenau (para onde Edemilson foi conduzido) e o delegado plantonista falou sobre a versão do autor confesso do crime. “Além de ter dito que não se arrepende do crime, Edemilson afirmou que já cumpriu pena por outro homicídio, que teria cometido no Rio Grande do Sul, mas isso ainda precisa ser chegado” disse Dr, Lucas, que pediu a prisão preventiva de Edemilson. Confira abaixo a breve entrevista:

 

O suspeito ainda teria afirmado que a motivação do crime foi porque o locatário de imóvel onde possui um estabelecimento comercial com sua esposa, não os deixava em paz. O caso ficará a cargo do delegado Bruno Effori, que coordenada a Divisão de Homicídios em Blumenau e acabara de ser transferido para Gaspar.

 

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Please follow and like us:
error: Conteúdo Protegido !!