As fiscalizações de trânsito e o comportamento dos blumenauenses

Veículos com licenciamento atrasado, transitando de forma irregular por conta de alguma modificação, problemas de segurança, como condução sob efeito de embriaguez e com uso de chinelos, além de criminosos que estão no trânsito acabam sendo abortados em fiscalizações, que além de manter a eficácia das normas legais, cumpre com o papel educador, por meio da orientação e da conscientização, tanto de condutores de veículos como até mesmo de pedestres.

Imagens: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

No Brasil, os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de morte, se não forem consideradas as mortes por problemas de saúde, perdendo apenas para os homicídios. Um resultado alarmante, que retrata o problema generalizado que tem tomado conta das ruas. Por essa, entre outras rações, Guarda Municipal de Trânsito (GMT) e Polícia Militar (PM) tem somado forças para juntas auxiliar para que as estatísticas ruins diminuam em Blumenau.

O Notícias Vale do Itajaí, acompanhou de perto uma fiscalização, que aconteceu na última terça-feira (14), véspera de feriado, na Rua Paris, no bairro Itoupava Norte, para saber e relatar como se comporta o blumenauense no trânsito e o que ocorre quando ele é abordado. Praticamente todos os condutores que conversamos elogiaram a ação, até mesmo quem acabou recebendo algum tipo de notificação, com exceção de um motociclista, que estava embriagado e foi conduzido para a Central de Plantão Policial.

 

Quem atua nos órgãos fiscalizadores, e que tem grande influência na mudança de comportamento dos usuários do trânsito também colocaram suas posições. Sempre que alguém era abordado, constatou-se a documentação e a situação de cada veículo, e quando tudo estava em ordem algumas dicas era inseridas para que todos pudessem ter mais segurança, proporcionando certamente resultado de mudanças efetivas em um trabalho integrado entre o poder público e a sociedade.

Veja no vídeo como ocorreram as abordagens, as opiniões de condutores e de quem trabalha na fiscalização:

 

 

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

A mobilidade urbana depende da atuação de todos. De acordo com o sargento Sidnei Menegazzi, da PM, a maioria dos condutores se portam com educação nas abordagens. “Quando há alguém com ânimo alterado, ou que tenta desviar da rota da fiscalização a gente já prevê que tem algo de errado, se esquivar da barreira, vai chamar nossa atenção e certamente será abordado, não adianta fugir.” comenta o Menegazzi, policial experiente em fiscalizações de trânsito e que tem acompanhado o trabalho da GMT.

error: Conteúdo Protegido !!