Dados iniciais apontam que incêndio no Centro de Blumenau foi acidental

“Ainda é cedo para afirmar, mas em princípio não encontramos indícios de um ato intencional” disse ao Mesorregional o capitão do 3º Batalhão de Corpo de Bombeiros Militar de Blumenau, Rodrigo Basílio Gonçalves, que coordenou a perícia inicial no local do incêndio que vitimou um casal grávido na madrugada desta terça-feira (25), no Centro da cidade. A perícia técnica foi realizada no início da tarde e além de bombeiros envolveu profissionais do Instituto Geral de Perícias.

Os moradores, que ocupavam o imóvel particular, como uma espécie de abrigo, ou então, república de estrangeiros, são unânimes e suspeitam que tudo tenha ocorrido de maneira criminosa, por um ex-ocupante do local, que teria feito a ameaça de atear fogo no local, ocupado por 18 pessoas, sendo a maioria delas refugiados e imigrantes da Venezuela, Colômbia e Argentina, além de pelo menos três brasileiros.

>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube

De acordo com o capitão Basílio, por parte do Corpo de Bombeiros o prazo máximo para conclusão da perícia é de 30 dias, porém já na próxima semana a investigação deve ser concluída. Além de não possuir ligação da rede de água do Samae, o local também não possuía energia elétrica, sendo esse um indício descartado.

Fotos: Jefferson Santos / Mesorregional
error: Conteúdo Protegido !!