Em meio à pandemia, Hospital Santa Isabel retira insalubridade de profissionais

É totalmente perceptível que profissionais da saúde encontram-se à extremamente expostos aos riscos da Covid-19. Mesmo assim, a classe que já relatava certo descaso, recebe mais uma notícia ardil, isso por que o Mesorregional recebeu a informação de que o Hospital Santa Isabel (HSI), de Blumenau, anunciou a retirada do adicional de insalubridade de enfermeiros e outros profissionais, como os de farmácia hospitalar e de limpeza tiveram o percentual reduzido na folha de pagamento.

Mesmo atuando em ambientes vulneráveis a agentes biológicos de pacientes contaminados com o coronavírus e todas as demais doenças, inclusive facilmente transmissíveis, e também manusear objetos do cotidiano, com potencial de contaminação pela Covid-19, num momento severo que todos enfrentam, os profissionais receberam a notícia aborrecível e alguns foram se manifestar até mesmo nas redes sociais da unidade hospitalar, já que o sindicato da classe teria aceitado a situação.

Não é nenhuma novidade que a precariedade e o esgotamento estrutural das unidades de saúde na rede pública geram uma maior exposição aos agentes nocivos e insalubres, em decorrência das atividades realizadas pelos profissionais e, sobretudo, pela propagação do novo coronavírus. Tanto que o próprio hospital suspendeu, novamente, a partir de ontem (18) a visita para pacientes internados. Por conta disso o Mesorregional fez contato com a assessoria de imprensa da instituição, que retornou com uma nota oficial sobre a medida.

O déficit de profissionais da saúde é um desafio a ser vencido por todos, dentro e fora da esfera pública e um dos caminhos é justamente a valorização de profissionais nessa e em qualquer área, o que vai na contramão da medida do Santa Isabel. Se a insalubridade é a compensação pelo trabalho em local nocivo, previsto por lei, até mesmo como direito fundamental previsto na Constituição Federal, mas para que se comprove tais riscos, o funcionário precisa ter em mãos o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário) que já foi solicitado ao Hospital por alguns profissionais, porém a informação que temos é que nenhum funcionário que requiriu o documento, recebeu até o momento.

Confira na íntegra o que diz a Nota do HSI:

O Hospital Santa Isabel (HSI), de Blumenau, cumpre a legislação trabalhista vigente. O adicional de insalubridade e o adicional de periculosidade são pagos mediante constatação de exposição a agentes nocivos à saúde do trabalhador. Os laudos técnicos que fundamentam estes pagamentos foram revisados baseados na legislação atual, sendo identificadas áreas em que não há risco ou há modificação na exposição e o adicional foi suprimido ou ajustado.

Os colaboradores foram orientados quanto ao ajuste, conforme legislação trabalhista e sob o conhecimento do Sindicato da Saúde. Todos os serviços hospitalares estão mantidos conforme decretos estaduais e municipais, sem paralisação em nenhum setor. O Hospital Santa Isabel segue à disposição dos colaboradores para esclarecimentos.

error: Conteúdo Protegido !!