Governo repassa R$ 900 mil para educação em tecnologia no Vale do Itajaí

O governador Carlos Moisés assinou, na manhã desta terça-feira, 21, o termo de cooperação para edição 2020 do Programa Entra21-Blusoft. Durante a aula magna virtual, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), repassou R$ 900 mil para a nova etapa do programa de formação e empregabilidade do Vale do Itajaí.

Para o governador, a iniciativa é um exemplo de parceria que deu certo. Em sua fala, Carlos Moisés reforçou o compromisso do Governo do Estado com a inovação. “Nosso Estado tem a tecnologia no DNA. Ela nos ajuda a salvar muitas vidas e a colocar o dinheiro público onde ele realmente tem que estar. Nós temos que abrir esse caminho. Nada mais justo que investir nesses jovens, que vão dar frutos não só para o Governo, mas também para o empresariado e sociedade de Santa Catarina”, ressaltou.

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, destacou a parceria do Governo de Santa Catarina com o Programa. “O Entra21 é importante para o Estado de Santa Catarina porque ele forma jovens em linguagem de programação para suprir uma necessidade de mercado de trabalho. É uma parceria que já dura muitos anos, são 15 anos que o Governo do Estado, por meio da Fapesc, é parceiro desta iniciativa e mais de quatro mil jovens já foram formados. Somente nesta edição são 350”, ressaltou.

Em função da pandemia da Covid-19, todo o Programa foi readequado para o modelo virtual. O coordenador geral do Entra21, Sérgio José Tomio, agradeceu o suporte do Governo do Estado nesse período. “Neste ano a nossa resiliência é colocada à prova como nunca. Nas grandes crises que se sobressaem os entes públicos que realmente se comprometem com a educação e a inovação social”, salientou.

O prefeito de Blumenau, Mario Hildebrandt, que ministrou a Aula Magna, também reforçou a importância dos investimentos. “Blumenau já é um polo de tecnologia, com os investimentos do Governo do Estado, vamos ter ainda mais força e empregabilidade na região”, destacou.

Também participou da webconferência o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Siqueira.

Sobre o Entra21
Em 2019, o Governo do Estado investiu R$ 800 mil no Entra21. Voltado para a educação e formação tecnológica de jovens carentes, com idade entre 16 e 29 anos, a 15° edição do programa abriu oportunidade para pessoas de outras faixas etárias. Neste ano, cada turma receberá, pelo menos, dois alunos com mais de 30 anos. O Programa Entra21 já beneficiou mais de quatro mil jovens, sendo que a maioria atua na área de formação e em empregos de qualidade.

 Foto: Eraldo Schnaider/Arquivo

error: Conteúdo Protegido !!