SINDILOJAS Blumenau é contra o fechamento dos estabelecimentos

A Prefeitura de Blumenau editou nesta segunda-feira, dia 20, o Decreto de nº 12.738 que prevê a adoção de novas medidas restritivas para o enfrentamento à Pandemia do Coronavírus e o (Sindicato do Comércio Varejista de Blumenau – SINDILOJAS) emitiu nesta terça-feira (21) uma nota oficial sobre o assunto ao Mesorregional.

“Com as medidas restritivas anunciadas ontem pelo prefeito Mario Hildebrandt, instituindo o lockdown, o Comércio de Blumenau passou a ser considerado um dos grandes culpados pela disseminação do coronavírus no município.

Para que não fique dúvidas: o SINDILOJAS Blumenau é desde o início contrário ao fechamento dos estabelecimentos do Comércio. Todos eles, sem exceções, têm se esforçado em seguir as recomendações dos órgãos públicos quando se trata de prevenção e higienização para atendimento aos clientes.

Temos a convicção de que, se existe descontrole nas aglomerações, estas não acontecem no Comércio! No entanto, nosso setor é o que pagará o mais alto preço pelas medidas adotadas pela administração municipal!”

As restrições têm o objetivo de reduzir o contágio da população, diminuindo o número da ocupação hospitalar da cidade de Blumenau.

Foto: Wellington Civiero/Mesorregional

error: Conteúdo Protegido !!