Interdição parcial da Rua 7 de Setembro, no Centro de Blumenau gera curiosidades e ‘fake news’

A Rua 7 de Setembro, no Centro de Blumenau, foi parcialmente interditada na madrugada desta quinta-feira (13), isso porque peritos precisaram realizar trabalhos técnicos para apurar como ocorreu o acidente que vitimou fatalmente Jonathan Batista de Oliveira, de 26 anos, em 25 de setembro do ano passado.

O acidente tomou repercussão grandiosa na época e recebeu cobertura prioritária do Mesorregional, que esteve com exclusividade no local naquela madrugada. A situação envolveu um VW Golf, branco e um Audi A3, preto, que chegou a ter o motor arrancado com a colisão.

Os dois veículos ficaram totalmente destruídos, sendo que o Audi era conduzido por Jorge Antônio de Miranda Lima, de 20 anos que precisou ser hospitalizado, enquanto Golf estava sendo conduzido por Gustavo Joel Manerich, de 19 anos, que deixou a cena antes da chegada da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Trânsito, mas se apresentou posteriormente á Polícia Civil.

Converse com o Mesorregional e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Jonathan, era passageiro do Audi e morreu na hora. O Golf também era ocupado pelo motorista e um passageiro, mas eles saíram praticamente ilesos da situação.

Informações falsas relacionadas à perícia

Circula através do WhatsApp que um coletivo de pessoas teriam sido assassinadas em um hotel da região. Fato que não condiz com a realidade, de acordo com o que apuramos, já que o Instituto Geral de Perícias confirmou que a precisa de técnicos foi justamente para complemento da perícia técnica relacionada ao acidente de 25 de setembro.

Foto: Eduarda Bilek / Leitora Mesorregional

error: Conteúdo Protegido !!