Itajaí vira assunto em jornal britânico após prefeito sugerir aplicação retal de ozônio para tratar Covid-19

Em uma transmissão ao vivo no Facebook realizada na noite desta segunda-feira (3), o Prefeito de Itajaí, Vonei Morastoni (MDB), sugeriu que pacientes diagnosticados com Covid-19 sejam tratados por meio de aplicação de ozônio no ânus. A sugestão do político, que é médico, virou assunto no The Guardian, um dos jornais mais populares do Reino Unido, e na Rádio Nova, da Irlanda.

No vídeo, Morastoni diz que a Prefeitura obteve a autorização do Conselho Nacional de Ética e Pesquisa (Conep) para realizar os procedimentos com ozônio. Ele afirma ainda que a administração municipal está providenciando todos os equipamentos necessários para iniciar este método de tratamento. “A pessoa tem que fazer durante 10 dias seguidos, são 10 sessões de ozônio, e isso ajuda muitíssimo, provavelmente, os casos de coronavírus positivo“, disse o prefeito.

No entanto, não há evidências científicas a respeito do uso do ozônio para tratamento de Covid-19 e a alternativa não foi indicada pela Organização Mundial da Saúde.

No The Guardian, o correspondente da América Latina, Tom Phillips, escreveu: “Um político brasileiro está enfrentando o ridículo online por promover a terapia com ozônio por insuflação retal como um tratamento rápido e “excelente” para o Covid-19“.

Foto: Reprodução / Prefeitura Municipal de Itajaí

error: Conteúdo Protegido !!