Setor de eventos sofre com a pandemia e aguarda retorno

A pandemia do coronavírus é motivo de preocupação não só em relação à saúde, mas também à economia. Com as medidas restritivas tomadas a fim de conter o avanço da doença, muitos trabalhadores ficam parados, sem poder trabalhar, e acabam com problemas financeiros. O setor de eventos é um dos que sofre com essa situação. Por conta disso, na última sexta-feira (17), manifestantes se reuniram em frente à Prefeitura de Blumenau pedindo pelo retorno de atividades muisicais, de eventos, transportes e esportes. A administração municipal, por sua vez, divulgou uma nota dizendo que as medidas restritivas serãom mantidas.

A fim de entender a situação daqueles que trabalham no setor de eventos na cidade, o Mesorregional conversou com a Artsul Espaço Green, um espaço de eventos localizado no bairro Itoupavazinha, que está fechado há mais de quatro meses, sem uma alternativa para continuar as atividades e manter sua saúde financeira. Embora a empresa não tenha tenha se envolvido no ato na última sexta-feira, participou de uma reunião com o prefeito Mário Hildebrandt no dia 7 de julho, oportunidade em que pediu pela liberação de pequenas celebrações, seguindo todas as medidas necessárias para evitar a proliferação da Covid-19 e tendo como exemplo o funcionamento dos restaurantes na cidade, que estavam atendendo. De acordo com a proprietária da Artsul, Andreia Gonçalves Martins, o prefeito mostrou-se solidário ao pedido, mas não publicou nada a respeito.

Desde o início da pandemia, a Artsul teve nove eventos cancelados, o que representa para a empresa uma perda de cerca de R$ 35 mil. Além disso, 38 eventos foram remarcados para 2021. “Ao nosso ver, poderíamos atender perfeitamente uma celebração seguida de jantar ou almoço dentro das normas, com até 60 pessoas, que seria 30% da capacidade do nosso espaço. E num evento de 60 pessoas, teríamos pelo menos 13 profissionais que estariam recebendo e podendo comprar seus alimentos ou pagando suas contas“, diz a proprietária. A empresa continua com os atendimentos, agendando eventos para 2021 e 2022, e a maneira que encontrou para driblar a crise foi oferecer promoções para atrair clientes a fechar contrato desde já.

Ainda que a economia da cidade seja importante e um grande fator a se preocupar, o avanço dos casos de coronavírus no município tornaram inviável um retorno completo das atividades. A Prefeitura de Blumenau publicou, nesta segunda-feira (20), novas medidas restritivas a fim de conter o avanço da doença na cidade, entre as quais consta a suspensão de diversas atividades. A Prefeitura destaca a importância de manter o isolamento social, bem como atitudes do cotidiano que contribuem para evitar a disseminação do vírus, como a higiene das mãos e o uso de máscaras.


Foto: Divulgação / Artsul Eventos

error: Conteúdo Protegido !!