Tarifa de esgoto deve ficar ainda mais cara em Blumenau

Blumenau deve ter novo reajuste na tarifa de esgoto. Além dos 2,80% anunciados pela BRK Ambiental no mês de fevereiro, a tarifa deve sofrer influência de um novo estudo ligado ao reequilíbrio econômico financeiro da concessão do serviço na cidade.

A nova análise, que inclui também serviços de consultoria técnica, já foi definida e será realizada pela LMDM Consultoria Empresarial. No contrato, firmado em fevereiro deste ano, o SAMAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) afirma que “há impossibilidade do município de arcar com determinadas obrigações pactuadas no 3º aditivo do contrato com a empresa Foz de Blumenau, atual BRK Ambiental”.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

O documento ainda cita a análise do impacto econômico-financeiro das obrigações pendentes referentes às obras de responsabilidade do Samae e o desenvolvimento de alternativas e cenários para reequilíbrio contratual. Ou seja, tudo indica que o Samae deve repassar novas obrigações à BRK Ambiental, que por sua vez terá mais custos e repassará os valores ao consumidor final. Vale lembrar que o último pedido de reequilíbrio, concedido há menos de três anos acarretou em um aumento de 17,27% na tarifa de esgoto, além da ampliação do prazo contratual de 35 para 45 anos.

Outro fator que chama atenção é o contrato com Consultoria LMDM, realizada sem licitação e por contratação direta. A empresa, que foi chamada alegando-se conhecimento de causa – uma vez que a LMDM já participou do reequilíbrio financeiro realizado em 2015 – é a mesma contratada pela Prefeitura para contribuir na elaboração do edital do Transporte Coletivo. Na época, a empresa previu que com a contratação em definitivo de uma empresa, no caso a Piracicabana, o teto máximo da tarifa de ônibus seria de R$ 3,75. Porém, já em 2017, um ano após o início das operações da Piracicabana, os blumenauenses já tiveram três reajustes, com o valor da passagem chegando aos atuais R$ 4,05.

 

Confira a evolução na tarifa de esgoto:

2015: 17,27% – – Valor da tarifa mínima passa a ser de R$ 27,73
2016: 13,08% – Valor da tarifa mínima passa a ser de R$ 31,91
2017: 4,86% – Valor da tarifa mínima passa a ser de R$ 33,46
2018: 2,80% – Valor da tarifa mínima passa a ser de R$ 34,40

error: Conteúdo Protegido !!