Governador de SC é alvo de investigação do MPF

A Polícia Federal (PF) e a Procuradoria Geral da República (PGR) deflagraram nesta manhã (30), a Operação Pleumon, na Casa D’Agronômica, residência oficial de Carlos Moisés, em Florianópolis.

O objetivo da ação, segundo o Ministério Público Federal (MPF), é subsidiar o inquérito que apura fraudes na compra de 200 respiradores para o enfrentamento da pandemia da covid-19 junto à empresa particular, no valor de R$ 33 milhões. São investigados os crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção, concussão, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A ação de hoje contou com a participação de 30 policiais federais, que cumprem cinco mandados de busca no Estado de Santa Catarina.

Neste mês, o Portal Mesorregional já noticiou o processo de cassação envolvendo o governador de SC, Carlos Moisés.

Foto: Mauricio Vieira / Secom SC

error: Conteúdo Protegido !!