Lula entre com reclamação contra Moro no Conselho Nacional de Justiça

­Os advogados do ex­-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva resolveram entrar com uma reclamação disciplinar em nome de Lula contra o juiz federal Sergio Moro no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O motivo da manifestação é pelo fato do magistrado ter vetado que a equipe do petista filmasse seu depoimento em Curitiba, que aconteceu na última quarta­-feira (10) e foi divulgado na íntegra para a imprensa nacional instantes depois do término do depoimento.

A alegação dos advogados do petista é que Moro teria violado direitos e deveres previstos na legislação brasileira, citando que o Código de Processo Civil autoriza a defesa do réu filmar o depoimento, assim como a Justiça tem o direito de também fazer seu próprio registro.

Logo no início da audiência, a explicação do juiz é clara, com argumento de que a intenção era evitar uma transmissão simultânea, o que poderia beneficiar o investigado por conta de fins “político­partidários”, e não apenas com os propósitos do processo. Se por ventura o CNJ encontrar indícios de que Moro tenha cometido qualquer irregularidade, poderá ser aberto um processo disciplinar contra o juiz.

 

Foto: Filipe Araujo / Fotos Públicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido !!