Motorista é preso por atropelamento e morte de mulher em Timbó

Foi preso na manhã desta quarta-feira (26) o motorista que atropelou e provocou a morte de Júlia Grasiela Radatz, de 36 anos na noite do último sábado (22), em Timbó. O homem conduzia um VW Parati e, segundo investigações da Polícia Civil, além de dirigir em alta velocidade, estava sob efeito de bebida alcoólica. O marido de Júlia, Anderson Coelho, de 42 anos, também foi vítima do atropelamento.

No dia do fato, a companheira do homem, que fugiu do local sem prestar socorro e foi localizada em seguida, se apresentou como condutora do veículo e foi presa em flagrante. No entanto, as investigações da Polícia Civil demonstraram que era o homem quem estava conduzindo o veículo.

A Polícia Civil, então, representou pela prisão preventiva do homem à Justiça, que foi decretada nesta terça-feira (25) e cumprida na manhã desta quarta-feira. O motorista vai responder por homicídio com dolo eventual em razão de ter assumido o risco de produzir o fato.


Foto: Divulgação / CBM

error: Conteúdo Protegido !!