Polícia Civil desarticula quadrilha que fazia esquema de desvios de cargas

A Polícia Civil deflagrou no decorrer desta semana uma operação para desarticular uma quadrilha que era responsável por diversos desvios de cargas aqui em Santa Catarina, e também nos estado do Paraná e do Rio Grande do Sul. A ação coordenada pela Divisão de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) da Deique acabou prendendo diversos suspeitos foi realizada na última quarta-feira (25).

De acordo com a Polícia Civil, o esquema contava com pelo menos sete integrantes, sendo que um deles é um policial civil catarinense, que também foi preso. O esquema consistia na contratação de fretes de cargas por parte da quadrilha e na simulação de assaltos aos motoristas. Dessa forma que a carga não chegava ao destino contratado, sendo que em algumas oportunidades a carreta que era “assaltada” nem chegava a ser carregada.

Foto: Divulgação / Polícia Civil de SC

 

O policial envolvido na fraude registrava boletins de ocorrência fraudulentos, sendo que em algumas ocasiões os motoristas sequer se dirigiam até a delegacia para registrar o BO, o que segundo a investigação era feito pelo próprio policial sem a presença da falsa vitima.

A investigação, de alta complexidade e que durou aproximadamente um ano e meio em Inquérito Policial com aproximadamente 700 páginas, teve contribuições da Polícia Federal e diversas unidades da Polícia Civil de SC. Ainda de acordo com a Polícia, ainda é possível quantificar com exatidão o prejuízo causado pela quadrilha, mas pode ter envolvimento em mais de 25 desvios de cargas, o que pode ultrapassar R$ 1 milhão. A maioria das cargas desviadas era de grãos como soja e feijão, normalmente em rotas de transporte que passavam por pelo menos dois estados do Sul.

Ao longo dos trabalhos, foram efetuadas oito prisões, sendo quatro na quarta-feira e quatro no curso da investigação, estando ainda três indivíduos foragidos. Diligências continuam sendo feitas com o intuito de capturá-los. Foram apreendidos dois caminhões trator e duas carretas que eram utilizadas pela quadrilha nos golpes, e está sendo providenciado ainda o sequestro de diversos veículos dos envolvidos.

A operação foi deflagrada nas cidades de Chapecó, Riqueza, São Miguel do Oeste, Quilombo. Planalto, Ronda Alta, Nonoai e Ernestina, no Rio Grande do Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido !!