Homem que atropelou e matou idosa de 80 anos em Gaspar é identificado

As Polícias Civil e Militar identificaram um homem de 35 anos que atropelou e matou a senhora Yolanda Testoni da Silva, de 80 anos, na última segunda-feira (2).

O atropelamento ocorreu por volta das 5h30, quando Yolanda realizava sua caminhada matinal no acostamento da Rua Hercílio Fides Zimmermann e foi atingida pelas costas por um veículo. Com o impacto, o corpo foi arremessado para um matagal que havia no local e o motorista fugiu sem prestar socorro.

A Polícia Militar, no mesmo dia, localizou e apreendeu o veículo na casa do suspeito. A partir daí, após trocas de informações entre as polícias e intenso trabalho de investigação, foi identificado no dia seguinte que o proprietário da residência onde o veículo foi encontrado era de fato quem conduzia o veículo no momento do atropelamento.

> > Participe do nosso grupo no WhatsApp
>> Curta o Mesorregional no Facebook
>> Siga o Mesorregional no Twitter
>> Entre no canal do Mesorregional no Telegram
>> Acompanhe o Mesorregional no Instagram
>> Inscreva-se em nosso canal do YouTube

Inclusive, constatou-se que, após atropelar e fugir, o homem retornou ao local, passou vagarosamente ao lado do corpo da vítima e mais uma vez fogiu sem prestar socorro. Familiares do suspeito disseram aos policiais que ele havia participado de uma confraternização familiar e ingeriu bebida alcoólica até às 03h daquela madrugada.

Diante dos fatos, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva do acusado, que recebeu manifestação favorável do Ministério Público.

Nesta quinta-feira (5), o homem se apresentou na Delegacia de Gaspar e, em interrogatório, manifestou o desejo de ficar em silêncio. Em breve o inquérito policial será encaminhado concluído ao Poder Judiciário.

Yolanda deixa 8 filhos, 12 netos e 5 bisnetos

Foto: Arquivo pessoal / Redes sociais


Foto destaque: Divulgação / Polícia Civil

error: Conteúdo Protegido !!